Porto vai contratar cerca de 4700 pessoas em Presidente Kennedy

O Porto Central, em Presidente Kennedy, no Sul do Espírito Santo recebeu a confirmação que todos estavam esperando: A licença ambiental de liberação das obras sairá no dia 2 de março e divulgado massivamente nas redes sociais por órgãos governamentais e pela assessoria de impressa nacional. O atual presidente Michel Temer fez uma nota oficial após se encontrar com o governador do estado, Paulo Hartung na quarta-feira(21).
O Ibama está acabando a avaliação do local do empreendimento onde será instalado. Em 2017, no mês de novembro, Temer assinou o decreto que acabou sendo proclamado como “utilidade pública” devido a magnitude do projeto e o que ele significará para o Brasil, assim como o Porto do Açú, no município de São João da Barra-RJ. Algumas empresas já estão sendo cotadas para a retirada da mata onde se dará a construção.
Em comunicado direto do governo do estado às entidades jornalísticas relata que o valor da obra ficou em um orçamento de 3 bilhões de reais  e cerca de 4700 profissionais para às obras. As contratações acontecerão ainda este ano e as empresas que que executarão as obras precisam entrar em fase de licitação, mas após a assinatura da liberação ambiental desta semana, as entidades competentes dizem que este processo será rápido.
O Porto Central é um complexo portuário multiuso, sob regime condominial, de águas profundas e de classe mundial, com infraestrutura para atender empresas industriais e de serviços que dão suporte à indústria do petróleo. Também vai servir para a operação de contêineres, granéis sólidos e líquidos, carga geral e veículos.

SHARE

NO COMMENTS

LEAVE A REPLY